HER

Semana passada assisti ao filme HER, com Joaquin Phoenix. Um filme muito interessante que mostra a dependência que temos hoje em dia dos nossos smartphones e computadores, fazendo com que nos isolemos do mundo real para vivermos através das telas e Apps.

A direção é feita de uma forma em que nos faz mergulhar no enredo, sentir o que o pobre Theodore sente. As angústias, solidão, paixão… e a única coisa que eu queria naquele momento era ajudá-lo, contar que aquilo não era saudável, sei lá… só assistindo para entender.

No site IMDb.com tem um ranking de pontuação dos filmes que varia em uma escala de 0 – 10. HER, obteve a média 8. Eu, daria uma nota 9 porque achei que o final ficou muito em aberto, quase que como aguardando uma sequência, ou um HER 2. À seguir, tem a sinopse e o trailer do filme para que vocês possam sentir o gostinho e até  mesmo, quem sabe, deixá-los com vontade de descobrir a história de Theodore e Samanta.

Sinopse de HER

Theodore é um homem solitário em fase final de seu divórcio. Quando não está trabalhando como um escritor de cartas, o seu tempo livre é gasto jogando vídeo games e, ocasionalmente, sair com os amigos. Ele decide comprar o novo OS1, que é anunciado como o primeiro sistema operacional de inteligência artificial do mundo, “Não é apenas um sistema operacional, é uma consciência”, afirma o anúncio. Theodore rapidamente encontra-se atraído com Samantha, a voz por trás de sua OS1. Como eles passam muito tempo juntos, o interesse entre eles cresce cada vez mais e, eventualmente, acabam se apaixonando. Tendo caído de amores por seu OS, Theodore se vê lidando com sentimentos de grande alegria e dúvida. Como um sistema operacional, Samantha tem inteligência poderosa que ela usa para ajudar Theodore de maneiras que outros não tiveram. Mas como é que ela pode ajudá-lo a lidar com seu conflito interior de estar apaixonado por uma OS?

O vídeo à seguir: Her, Love in the modern ages (Ela: Amor na idade moderna), narra as reações ao filme de Spike Jonze, indicado ao Oscar, Her. O documentário, dirigido por Lance Bangs, apresenta histórias e reflexões de escritores, músicos, atores e especialistas em cultura contemporâneas, incluindo Olivia Wilde, James Murphy e Bret Easton Ellis, sobre o filme Her, e os seus pensamentos sobre o amor na idade moderna. Vale muito à pena assistir…

E claro, que o povo não deixa barato, agora vai uma sátira muito bem feita ao filme Her, aqui chamada HIM. Aproveitem!

Bem, por hoje é só galerinha linda, já já volto com mais…

Hej då, vi ses 😉

 

5 ideias sobre “HER

  1. SiL

    Fiquei curiosa em ver o filme. Há pessoas aqui em casa q precisam vê-lo.:-)
    Há um jogo de origem sueca, mancraft, q é uma verdeira praga para a vida dos jovens. Só fala, só pensam nele, e não entendo o motivo, pois tem grafismos rudimentares.
    Bjs

    Curtir

    Resposta
  2. bebis.ray

    Her é um filme peculiar. Gosto das doses alternadas de melacolia e humor. Além de uma fotografia impecável, é muito interessante o modo como mexe com nossos sentimentos e nos conecta à angústia existencial de Theodore, nos transportando para debaixo de sua pele; como nos faz desenvolver uma certa empatia por Samantha e até mesmo a maneira como nos leva a definir/discutir o que a vem ser “humano”.
    E acredito também que não deixa de abordar uma realidade para qual a nossa sociedade está se encaminhando. Já vimos que é possível pessoas se apaixonarem virtualmente, não é?

    Enfim, o filme vale a pena ser assistido! 🙂

    Curtir

    Resposta
    1. karinebackman Autor do post

      Ray, sua descrição do filme não poderia ter sido melhor, tanto que quem leu o texto para mim foi a Samanta. Engraçado como nossa mente pira as vezes, não!
      Bjs..

      Curtir

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s