Emprego


A situação econômica da Suécia foi muito abalada com a crise mundial, e não diferente isto fez com que a quantidade de empregos disponíves fossem super reduzidas, aliando-se ainda ao fato de que a Suécia é um dos países da União Européia que mais recebe asilados e refugiados de guerra, o que reflete em um número ainda maior de pessoas em um futuro próximo à procura do tão sonhado lugar ao sol.

O índice de desemprego hoje alcança a margem de 8,1 a 8,3% dependendo das fontes informantes. Segundo informações do jornal DN.se a taxa de desemprego sueca tende a aumentar em 2014, já para o Arbetsförmedlingen as taxas de desemprego tendem a diminuir gradativamente em 2014 sendo seguida por uma boa queda nos índices em 2015. Vai saber em quem acreditar…

Em todo o caso, não adianta pensar que emprego cai do céu, talvez nos seus melhores sonhos ou nos contos de fada, o buraco aqui é bem mais embaixo. Em primeiro lugar, para se conseguir um emprego com todos os direitos e recolhimento de um bom plano de pensão é necessário no mínimo que o interessado seja capaz de se comunicar em sueco, ou dependendo da vaga e da situação, também em inglês. Que o candidato tenha alguma experiência profissional ajuda bastante, embora no final a sua experiência de anos afim na funcão X ou Y no Brasil de nada, ou quase nada vale por aqui. Carteira profissional brasileira menos ainda. Então se você acha que só porque tem anos de experiência de chefia em um hospital ou multinacional no Brasil vai chegar aqui dando carteirada ou já sendo diretor de alguma carrocinha de cachorro-quente bem sucedida esquece, se não vier já com o emprego garantido do Brasil, aqui meu amigo, você começará como todo pobre mortal: se inscrevendo no Arbetsförmedlingen! 😉

Dependendo da área almejada, mesmo com nível universitário, o cidadão terá que fazer cursos de nivelamento para as leis e normas locais, além de aprender o sueco. Se a pessoa é acostumada com o jeitinho brasileiro do aprender fazendo, saiba que aqui a banda toca bem diferente e você terá sim que se qualificar. Funções como encanador e eletricista principalmente são duas das que mais requerem qualificacões, até porquê, seguradora alguma cobre danos causados por seviços realizados por profissionais não licenciados para tal.

Se você não tem experiência nenhuma e muito menos fala sueco, saiba que o  caminho será um pouco mais longo e complicado, mas não impossível.

Abaixo, segue uma lista das agências de emprego onde você pode começar a corrida em busca do sua vaga no mercado sueco: